Dilma, Alckmin, Haddad: público pune governantes

Redação Brasil 247

Quem é governo está apanhando da crise. É o que diz a pesquisa Datafolha veiculada neste sábado 7. Despencaram os índices de ótimo e bom da presidente Dilma Rousseff, do governador Geraldo Alckmin e do prefeito Fernando Haddad. Absolutamente fora de qualquer margem de erro, as avaliações positivas despencaram um mínimo de dez pontos percentuais e um teto de 19 pontos entre os três principais executivos públicos do País.

Em dezembro passado, Dilma tinha 42% de ótimo/bom e 24% de ruim/péssimo. Agora, marcou 23% e 44%. Alckmin perdeu dez pontos de ótimo/bom desde outubro e caiu de 48% para 38%, nível que tinha em junho de 2013. Haddad empatou com Dilma em juízos negativos (44%) voltou ao que tinha na crise do aumento das tarifas de ônibus em 2013.

Com 44% de ruim/péssimo, Dilma teve a mais baixa avaliação de um presidente da República desde Fernando Henrique Cardoso (PSDB) em dezembro de 1999 (46% de ruim/péssimo). Alckmin voltou ao nível de aprovação que tinha em junho de 2013. Haddad empatou com Dilma em juízos negativos, com 44%.

Publicado em 07/02/2015 em Portal Brasil 247

Comente via Facebook

Comentário(s)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.

*